domingo, agosto 22, 2010

PORQUE HOJE É DOMINGO!...

MENTIRAS PIEDOSAS

"Tudo o que quiseres!", "Se te apetece...", "Não há problema nenhum!", "Sempre que precisares...", "O nosso amor é para sempre.", "Terminamos porque os nossos signos não combinam ou apenas porque os nossos clubes são rivais, não é nada pessoal."

Mentiras piedosas, desculpas de ocasião, a verdade encoberta com medo de magoar, silêncios que gritam arranhando a consciência. Com familiares ou amigos, no trabalho, no sexo, na vida... Entre o Sim e o Não tantas vezes silenciamos a vontade, escolhemos a saída mais fácil só para não melindrar, para fazer jeito. Entre um e outro colocamos a máscara dum mal menor, somos o que esperam que sejamos, normais. Éticamente correctos enganamos mesmo aqueles que amamos. Não me mintas nem me faças favores! Se a verdade por vezes magoa, a incerteza agonizante provocada pela dúvida é como o pingo que cai da torneira, um atrás do outro, horas a fio numa cadência certa e prolongada. Não mata mas desgasta, fere e deixa marcas.

4 comentários:

Kimbanda disse...

Olá estimado amigo Miguel!
O que não se diz com franqueza, pode até ser para não magoar. Mas antes cair fundo, bem fundo na dor que verdade fere e dói, para que um dia se possa reerguer.
Meias verdades, são dúvidas, meias mentiras, ou omissões, que não deixam margem para se voltar a sorrir, ser feliz enquanto não resolvidas.

Um forte e sincero kandando.

pink poison disse...

Pois, eu já disse coisas dessas... :S

maria moura disse...

Tudo doi, quando é decepção, a verdade, a mentira.

bj
mmoura

Sofia disse...

É tão bom estar assim, sem cerimónias... ninguem obriga ninguém e somos todos humanos. Quem é que apesar de querer até não lhe apetece qualquer coisa? Quem não tem os seus momentos... e precise de estar sozinho as vezes? E se tivermos dor, porque estive a ler os comentarios, poder dizer apenas: doi-me, sem mais. Não é preciso ficar a dissertar, mas ser sincero... e se alguem levar a mal,paciência,eu cá estava a tentar que as coisas fossem transparentes. Mas também acho que sou um bocado lirica, só que se penso assim tento agir assim... Coisas! :-)