segunda-feira, agosto 23, 2010

FEELINGS

O Sol despertou-o do sono que não tinha,
vestiu a pele gasta de promessas quentes
que lhe pintaram um sorriso profundo
daqueles de orelha a orelha.
Não sorria desde a última vez,
antes do Inverno lhe secar as lágrimas
que ela lhe oferecera
e que guardara religiosamente
como um tesouro precioso.

7 comentários:

Sonhadora disse...

Miguel
Chegaste com a força toda, lindo o teu poema.

O Sol despertou-o do sono que não tinha,
vestiu a pele gasta de promessas quentes
que lhe pintaram um sorriso profundo

Maravilhoso.

Beijinhos
Sonhadora

pink poison disse...

Que lindo! Um beijo

"Picos" disse...

O verão tem destas coisas... quente, doce e tãoooo bom.
Beijo-te Miguel B

Curiosa disse...

Que lindas palavras, Miguel ...
Assim é todo dia, vestimo-nos de nós e saímos para o mundo... E parecemos fantasiados, mas revelamos o mais profundo de nós ... o que me é incrível ......
beijos,querido

Três Tempos disse...

Expressive and figuritive text! Smile, back to you...

Carmo disse...

Lindo, lindo, grandioso!

bj
mmoura

Sofia disse...

Oferecer as lágrimas para o outro chorar... , renascer a qualquer hora das cinzas com um sorriso... que bonito que isto está! Que bela é a vida também... depois de um anoitecer há-de chegar, por mais ou menos longa que seja a noite, um amanhecer!