sexta-feira, junho 26, 2009

SUGESTÕES

Tinha alguma curiosidade em ver Anjos & Demónios, depois do êxito e da controvérsia gerada pelo anterior O Código d'a Vinci. Todavia, bastaram os primeiros minutos deste novo confronto entre a religião e a ciência, protagonizado por Robert Langdon (Tom Hanks continua a ser um dos actores mais crediveis do panorama actual do cinema americano), para me aperceber que estava perante um filme diferente do seu antecessor, para melhor.

Em Anjos & Demónios mantém-se a tentativa de descredibilizar alguns dos frágeis alicerces que suportam a religião católica, critícam-se certos comportamentos e valores, num ataque que desta vez não visa a figura de Deus - como no primeiro filme -, mas o coração do cristianismo, o próprio Vaticano.


As grandes diferenças residem, no entanto em dois pontos fundamentais. Primeira: Em Anjos & Demónios não existem pontos mortos, não há lugar a "paragens" para nos explicarem - como se fossemos muito burros - o que se está a passar e o porquê de cada dedução do protagonista, como acontecia tantas vezes no filme anterior, tornando-o interessante mas aborrecido para alguns. Anjos & Demónios é um filme sobre os mistérios da Igreja, mas é também um filme de acção, muita acção.

A segunda grande diferença é perceptível após os primeiros minutos do filme. Apesar de continuar a atacar valores morais, organizativos ou a corrupção de alguns elementos do clero a valores que nada têm a ver com o espírito religioso, assim como algumas estocadas subtis à ostentação bem evidente nas altas instâncias do Vaticano, existe uma tentativa de Dan Brown em atenuar as suas relações com a Igreja, tentando de maneira simpática mas raramente conseguida, justificar certas críticas, certos valores, ao dar-lhe uma imagem diferente, humanizando-a, tornando-a por isso imperfeita, mais sujeita aos pecados dos Homens. Como se diz perto do final: "A religião é imperfeita (...), mas apenas porque o Homem é imperfeito".
Tudo somado, resulta num filme bem conseguido, com algumas interpretações muito boas, e que me levou a não conseguir parar de vê-lo antes de chegar ao seu final, já bem perto da uma e meia da manhã.

7 comentários:

B! disse...

Recomendo o filme Coco avant chanel que está agora no cinema. Mas tenho curiosidade em ver este filme, só espero que seja tão cativante como o livro!

beijinhos

SM disse...

Apesar de inicialmente este filme não me ter chamado a atenção, a descrição deste post fez com que sentisse vontade de o ver! :) A ver se entre as minhas aventuras por terras mexicanas há tempo de alimentar o meu gosto pela cinematografia ;)

LOVENOX disse...

Ainda não tive oportunidade de ver o filme mas aguçou-me a vontade de o ver.

mjoaob disse...

Já tinha pensado em ir ver. Agora tenho mesmo que o ver.
boa semana
:)

leonor costa disse...

Gostei imenso deste filme. Recomendo.

Bom fim de semana

Nadyta disse...

Parabéns blog muito giro :D

Vi ainda ontem esse filme e adorei mesmo :)

Beijinhos***

Anónimo disse...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ vente viagra
http://commanderviagragenerique.net/ achat viagra
http://viagracomprargenericoespana.net/ comprar viagra
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ viagra acquistare