quarta-feira, maio 30, 2007

EFEMÉRIDES


Joana D'Arc foi queimada viva em 30 de Maio de 1431, em Ruão, à idade de 19 anos. Filha de camponeses, terá sido, segundo ela, a partir dos 13 anos que começou a ouvir vozes divinas, que a orientavam no sentido de se juntar às forças dos Armagnacs e levá-los à vitória frente aos Borguinhões e aos seus aliados ingleses, na Guerra dos 100 Anos, devolvendo assim a França aos franceses, no que foi bem sucedida. Após a sua vitória e, temendo a influência de uma jovem de raízes humildes sobre o agora Rei de França, o Clero condenou-a por heresia e actos de bruxaria, tendo a Donzela de Orléans, como também era conhecida, durante o longo interrogatório a que foi submetida, mantido a versão de que eram vozes de santos que ouvia, e que lhe guiavam os passos. Só quase 5 séculos após a sua morte é que foi canonizada, no ano de 1920. E se aqueles que agem ou pensam de maneira diferente ainda fossem atirados à fogueira?...

2 comentários:

paulo tadeu disse...

Pois é ajudou e olha só o que lhe aconteceu...! Gostei de saber, mais uma que aprendi.

MariaFaia disse...

Passei aqui por acaso, em momento de procura, nem sei bem de quê...
Vi, li e gostei do que vi e li.
Este espaço de reflexão agradou-me.
Mas,esta última postagem sobre Joana D'Arc entristeceu-me. Na verdade, sinto hoje na pele o sabor da maldade dissimulada, da falta de amor e da injustiça.

Voltarei.