quinta-feira, agosto 31, 2006

ANTI-NATURA

Hoje acordei com vontade de descarregar toda a minha raiva silenciosa sob a forma de palavras. Desabafar sobre mãos atadas, sonhos desfeitos e uma agressividade crescente como nunca senti por ninguém antes. Senti vontade de descrever a impotência de ver o mundo a desabar à minha volta e eu sem nada poder fazer, sob o risco de sucumbir com ele. Hoje desejei que o meu blog não fosse visto por ninguém, como se fosse um "sexta-feira" e eu Robison Crusué, numa ilha perdida da civilização. Que ideia! Um blog para mais ninguém ver é anti-natura, vai contra os ideais de quem concebe um blog. E eu, que tantas vezes me tenho queixado da falta de participação dos poucos que me visitam, queria agora fechar a porta, por momentos, e colocar o aviso "Não incomodar!". É que por muito que a escrita me atraia e distraia, nunca escrevemos para nós mesmos. Somos censores daquilo que escrevemos, pelo medo de nos "desnudarmos" em demasia aos olhos daqueles a quem queremos cativar, o que é, só por si também, anti-natura. Ontem alguém me disse que não lhe cativa a ideia de um blog, porque a melhor e mais eficaz forma de comunicar algo seja a quem for é cara a cara. Assino por baixo, apesar de nunca ter sido fiel seguidor dessa doutrina, preferindo - erradamente - calar, guardar, sufocar-me por dentro, entupido em palavras mudas, que apenas saíam de vez em quando para mancharem a alva virgindade de resmas e resmas de folhas A4. HÁ pessoas assim, que com medo de magoarem, sacríficam-se a ver a vida esfumar-se através de uma janela fechada, combatendo guerras internas que deflagram por dentro de nós e ninguém mais as vê, caixas vazias esfomeadas de tudo, de quase nada, de qualquer coisa que justifique o simples facto de viver,pessoas que se resguardam em torno de si mesmas pretendendo assim evitar a dor e o sofrimento, como casulos, onde a vida não consegue entrar.

1 comentário:

paulo tadeu disse...

Entendo aquilo que dizes, este mundo está um caos, mas como eu sempre digo, temos de ter esperança, algum dia isto irá mudar. Para melhor certamente. Conta sempre com a minha visita.