terça-feira, junho 23, 2009

ESCREVE-SE MAIS, MAS PIOR

José Saramago, prestes a ser uma das próximas pessoas a passar os textos do seu blogue pessoal (www.caderno.josesaramago.org) para um livro, prática cada vez mais comum entre alguns bloggers, teceu esta semana no jornal argentino Clarín, algumas críticas sobre o que se vai escrevendo nos blogues. Segundo o Nobel português, com o crescimento deste tipo de espaço na internet "está a escrever-se mais, embora pior". E acrescenta: "A prática do blog levou muitas pessoas que antes pouco ou nada escreviam a escrever. Pena que muitas delas pensem que não vale a pena preocupar-se com a qualidade do que se escreve. (...) Pessoalmente cuido tanto do texto de um blog como de uma página de romance"
O Lado B, embora respeitando a opinião de tão proeminente figura da literatura portuguesa e não só, prefere salientar que, com o crescente número de blogues, têm sido dados a conhecer textos bastante bons de gente até agora desconhecida, permitindo a profusão de novas mentalidades e mesmo formas de escrever. Além disso, não podendo sermos todos escritores num país que já foi de poetas, a manutenção de um blogue incentiva o gosto pela escrita, assim como pressupõe algum cuidado, pois enquanto bloguistas temos de ter noção de que não estamos a escrever apenas para nós mesmos, mas para um universo incalculavel de pessoas, que de outra forma muito dificilmente ouviriam falar de nós.

2 comentários:

Pure disse...

Bem verdade!!

Alexandre Correia disse...

Caro Miguel,

Concordo plenamente consigo, o que não quer dizer que também não reconheça que J.S. tem alguma razão. Penso que os blogs têm uma enorme importância não só para estimular a escrita, como também a leitura, que é uma componente fundamental para enriquecer a escrita. Nunca tive outra profissão senão a de escrever, pois sou jornalista. Há menos de dois meses aderi aos blogs para contar o que não cabe nas reportagens. Felizmente, a minha área de trabalho é bastante tranquila. Ao invés de cuidar de temas como a politica nacional, dedico-me à aventura e ao todo-o-terreno. Convido-o a visitar asviagensdealex.blogspot.com e espero que aprecie. Abraço,

Alexandre Correia