terça-feira, janeiro 13, 2009

ESPERANÇA


"Boa noite, não sei se estou a falar para casa de um senhor que perdeu o telemóvel." Assim disse a senhora, pelas 23 horas, umas 6 depois de o ter perdido e perdido também a esperança de o reaver. Durante essas seis horas pensei na importância que tão pequeno aparelho adquiriu nas nossas vidas, no trabalho que iria ter a refazer toda a agenda telefónica e nas mensagens de nível pessoal que tinha guardadas. Só que esse telefonema e a recuperação, hoje, do telemóvel, vieram reacender a minha fé nas pessoas, capazes ainda de nos surpreender com gestos de bondade. Afinal, pode ser que ainda haja esperança num amanhã melhor para todos.

6 comentários:

PQ disse...

Há momentos de optimismo sim e se quisermos ser honestos com nós mesmos, esses momentos valem bem os outros.

Miguel disse...

PQ, obrigado pela visita. Poucas vezes perdemos tempo a reparar no que as pessoas têm de bom, preferindo gastar horas a criticar por criticar. Um abraço.

Elsa Santos disse...

Ainda existem pessoas com caracter... Graças a Deus que nem tudo no mundo é falsidade e egoismo... Basta olharmos à nossa volta e descobrimos pessoas capazes de "mudar o mundo"... pena que são poucas... Bjs e nunca percas a esperança de um NOVO AMANHÂ...

B! disse...

Ainda existem pessoas bem formadas no Mundo, mas são cada vez mais raras... sinal dos tempos...

lumadian disse...

bem podia ter sido um pouquinho mais cedo... escusavamos de ter andado no relvado à noite, feitos tótós à procura do telemóvel.

lumadian disse...

ah...se a senhora leu as tuas mensagens particulares, a esta hora deve estar a pensar coisas "lindas" de ti... lol