sexta-feira, julho 18, 2008

A PRETO E BRANCO


Há muitas coisas que ficaram para trás,
naquele dia junto à tua porta .
Uma delas foram os sonhos.
Uma pessoa sofre menos se não tiver sonhos,
como se estivesse fechado num bunker
ao abrigo de todos os males do mundo,
numa caixa inviolável onde nada
- nem os sentimentos -
nos pode atingir.
Também não se vive, mas o que é isso
comparado com todo o sofrimento que o amor pode causar?
Um plano perfeito, pensei,
excepto num pormenor:
nessa altura já te tinha conhecido.
Assim tornei-me no pior dos cegos,
aquele que um dia já viu,
o que saberá sempre o que está a perder,
como um pássaro que já foi livre
e a quem fecharam numa gaiola, cortando-lhe as asas.
É isso que tu és, as minhas asas.
Sem elas não consigo voar e...
mesmo que pudesse não queria,
porque a vida sem ti
é como ver o mundo a preto e branco.

3 comentários:

Livre disse...

Em relação ao comentário: Aqueles anúncios são bons, porque fazem com que nós conheçamos coisas novas.
Em relação ao texto: "O Sonho comanda a vida!" e não vai ser numa caixa fechada sem sentimentos que vais conseguir avançar!
Avança sem medo, apenas com o corpor e as patas!
As asas, são apenas um acessório por vezes essencial, mas por vezes banal.
Beijo

cidadão do mundo disse...

Já tentaste aprender a voar sem asas?
use your imagination.

SUCUPIRA disse...

MEU, ACORDA!! EXISTEM POR AÍ UM MONTÃO DE GATAS QUERENDO TE CONHECER!!