quinta-feira, dezembro 27, 2007

O PAI NATAL EXISTE, E PONTO FINAL!

Sei que poderei não agradar a algumas pessoas com esta postagem, mas a minha fé tem estado um pouco embaixo nestes últimos tempos, tornando-se difícil acreditar seja no que for, que não em nós mesmos. Fui surpreendido hoje com a notícia que o Governo russo, em mais uma demonstração inequívoca de que os tempos da ditadura não ficaram para trás com a Perestroika, proibiu toda e qualquer afirmação, insinuação ou demonstração seja de que natureza for, que dê a entender que o Pai Natal não existe, porque, segundo eles, isso iria desmentir os pais que contam essas histórias aos filhos. Prestes a entrarmos em 2008, custa-me e entristece-me que, com tantos problemas que devastam o mundo, ainda haja governos que gastem o seu tempo em combates estéreis contra moinhos de vento e fábulas de encantar. Acho óptimo que as crianças acreditem no Pai Natal, na fada dos dentes, na cegonha, mas proibir seja quem for de questionar ou opinar sobre algo é uma falta de respeito pelos nossos direitos e uma afronta à nossa própria inteligência. Será que já não nos chegava a religião com as suas verdades seculares que ninguém pode sequer ousar pôr em causa?

1 comentário:

caçador de coelhos disse...

Mas e o coelho da páscoa? Existe, não existe?