quinta-feira, julho 13, 2006

AS PALAVRAS DOS OUTROS


Em ti, após a travessia do deserto, viajante solitário, descansei meu corpo cansado, porto talvez seguro de meus navios. No teu mar lancei minha âncora e as mãos acariciaram de mansinho os teus cabelos, ondas de um oceano revolto rebentando na praia em que me encontraste, concha escondida na areia.


Tito Lívio

1 comentário:

Anónimo disse...

Hallo I absolutely adore your site. You have beautiful graphics I have ever seen.
»