terça-feira, dezembro 27, 2005

BONANÇA

Pois, passou o Natal e parece que a tempestade está também a passar. O meu sobrinho já veio da mãe e foi passar uns dias com o pai e o irmão. Vêm passar o final do Ano e deixá-lo e deixá-lo cá, porque as férias estão a chegar ao fim e a escola não tarda vai recomeçar. Com o aproximar dum novo ano talvez seja altura das pessoas começarem a entender-se, passar uma borracha por cima de mágoas antigas e usar da palavra em vez da ignorância de vinganças e outras atitudes mesquinhas que atingem sempre pessoas inocentes. Parece ainda que o spyware que me pôs num pânico genuíno desde a tarde de ontem está a afastar-se lentamente com o antispyware e o novo antivirus. Será isto bonança?

2 comentários:

Paulo Tadeu disse...

Pois é verdade, um novo ano, é boa altura para passar uma borracha por cima de mágoas antigas. Quanto ao Spyware, mais uma praga que anda para aí. Mas com as ferramentas certas, podemos minimizar os seus efeitos. Bom Ano de 2006.

lumadian disse...

Há coisas que deixam marcas, que não se esquecem e mais ainda impossiveis
de apagar. E quando conversar é impossivel, como já se demonstrou em diversas situações, existem locais apropriados para resolver os problemas.
Já perdoei muito, aprendi com as cacetadas que levei, fiz-me mais duro, mais maduro e confio na justiça, pelo
menos por enquanto...