sábado, dezembro 25, 2010

BOAS FESTAS

Gosto do Natal, sempre gostei. Gosto do sorriso sincero e da ansiedade nos olhos das crianças no momento de abrir os embrulhos, gosto da azáfama nos centros, nas lojas e das noites frias quando as luzes das ruas ficam acesas e nos aquecem por dentro. Gosto da nostalgia que fica entre o que é e o que poderia ter sido, aquele deve e haver que sempre contabilizamos no final de cada ano, das expectativas quase sempre surrealistas e demagogas para os doze meses que se seguem. Não foi o Natal que eu tinha planeado - o melhor de todos, aquele especial, inesquecível -, mesmo sabendo há muito que estaria a trabalhar até bem perto da meia noite. Ausências e desencontros marcaram 24 horas tradicionalmente consagradas à família, mas que os novos tempos em que o trabalho por turnos é uma realidade cada vez mais abrangente se encarregou de dividir por horários completamente díspares entre si. Durante toda a tarde fui comentando aqui e acolá outros espaços, saciando um desejo premente de voltar a escrever, tentando de alguma forma desejar boas festas ao maior número de amigos, os de cá e os daí - especialmente - que durante estes últimos meses de menor inspiração e alento, quase de uma inesperada fobia à escrita, mantiveram o seu contacto e as suas palavras sempre simpáticas e encorajadoras. Obrigado a todos, do coração! Não espero, nem pretendo que esta postagem seja um breve interregno de uma ausência mais ou menos prolongada por aqui. Há ideias, temas na manga, há vontade e sobretudo necessidades que à escrita me conduzem, hoje como noutros tempos, porque a linguagem é muito mais que a palavra falada, é uma arma que nos mantém vivos, ligados a algo ou a alguém que muitas vezes não sabemos quem são, mas que quando precisamos nos dizem presente, unindo a sua voz à nossa voz. É esse o poder das palavras, a voz das palavras, mesmo daquelas que não se fazem ouvir de uma forma tradicional, mas que criam elos, que nos unem, que nos fazem sentir parte de algo, como uma grande família. A todos vocês desejo um Feliz Natal e um próspero Ano Novo.

13 comentários:

pinguim disse...

Espero que, apesar de tudo, o Natal tivesse sido, ou esteja a ser Bom, e que, principalmente, o Novo Ano te traga as maiores felicidades.

Regina Rozenbaum disse...

PRESENTE!!! Do lado de cá...
Beijuuss n.c.

Olga disse...

E tão bom sentir esse espírito! Por acaso já há uns anos que me sirvo do blogger mas só este último ano é que decidi largar, por fim, o anonimato e não ter medo de me relacionar com os restantes. Nunca pensei que me apegasse tanto e agora esta época comprova-o, tenho tanta vontade de partilhar as emoções próprias de cada época e sentimentos que surgem com os blogger que sigo tanto como com a família e amigos. É fantástico, alegram os meus dias! :) Mesmo sentir que fazemos parte de algo. Obrigado por isso.

Tudo de bom, Miguel!

Abraço

Fatinha disse...

Boas Festas, cheias de alegria, paz e amor! bjs

Isa GT disse...

Passei 1º no Voz das Palavras... ;)

Bjos

Luz disse...

Miguel,
Adorei ler este texto, esta partilha de emoções, esta voz das palavras que é tão sentida aqui, a palavra que consegue ter uma força inquestionável e nem sempre compreendida, mas é pela palavra, e com a mesma, assim como pelo gesto que dizemos tanto , e também silenciamos os nossos anseios, os nossos desejos.
Obrigada por este momento de partilha tão verdadeira e sincera em que sentimos a autenticidade de cada palavra.
Que este Natal permaneça com esse espírito tão puro todos os dias da sua vida e de todos aqueles que lhe são queridos.
Desejo-lhe tudo de bom, o melhor!

Abraço

Margarida Fernandes disse...

Caro Miguel,

Passei para deixar um beijinho e desejar um FELIZ NATAL!!!!

Rosa Carioca disse...

Passei para dizer PRESENTE, SEMPRE!
Um abraço natalino.

Milene disse...

Miguel, gosto tanto do jeito que escreves... Gosto sentimentos colocados nas palavras, sempre.
Muitas vezes me vejo com vontade de pausar minhas postagens, por acharem-nas insignificantes, mas acabo nao o fazendo.
Compreendo mas espero que voltes, que retomes o gosto.

Espero estarmos juntos nesse ano que se aproxima com rapidez.

Boas festas.
Fique bem!
Beijos...

José María Souza Costa disse...

Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Tempo agradável, Harmonioso e com Sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito Simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Um abraço e fique com DEUS.

http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

Kimbanda disse...

Estimado Miguel,
Que bom voltar aos teus textos carregados de expressão e sentimento.
Bateu a saudade de aqui estar à tua companhia. Chegar na ansiedade de me deixar ir pela narrativa e sair daqui enriquecido na alma.
Venho agradecer te lembrares de mim e ires lá à cubata me desejar festas felizes.
Venho também, para te dizer que a ti e aos teus, desejo tudo de bom e que a vida te permita nos continuares a contagiar de bons sentimentos com a tua escrita.
Bem hajas... Kandandos

Vitor disse...

…Aquela conversa do costume, bom 2011 bláblá,etc;-)))…mas acima de tudo foi um prazer ler-te,e contigo aprender como as palavras são uma forma sábia de conhecer…e voltar cá para o ano para contigo partilhar…tudo o que me deres através das letras e do teu saber!

Abraço

Miguel disse...

Miguel,

Despeço-me com uma mensagem positiva, cheia de força e Sobertudo de garra. Está nas nossas mãos fazer com que 2011 seja um ano memorável, de sonhos e conquistas.

Um grande abraço e votos de um fantástico 2011,
Que já sabem, está nas vossas mãos ...!

Um Abraço da M&M & Cª!