terça-feira, outubro 05, 2010

SALVAR O FUTURO

É a hora. Não de uma guerra que de guerras andamos fartos - já nos bastam as dos políticos - mas de dizer um basta e de mudar não apenas por mudar. Mudem-se as mentalidades para começar, os valores e já agora a política e os políticos. É a hora de acordar e sacudir dos olhos a poeira das promessas vãs e das mentiras, de agarrar na enxada e cultivar a terra mesmo que não seja ao pé da letra, lançar as sementes para um futuro que não seja apenas isto, mais do mesmo, não apenas outras moscas, a mesma... Pequenos gestos que aos outros possam parecer insignificantes, pequenos passos que começam por nós, por mim, por si. Como esperar mudar o mundo se não somos capazes de mudar nada em nós? Porque isso de ser perfeito... nem Cristo! É hora, com Reis ou Presidentes, mas sobretudo com Homens, de dar as mãos e esquecer as diferenças, de tentar - com carácter de urgência!, pensem nos sonhos ainda por viver, nos filhos e nos filhos dos filhos - salvar o futuro enquanto ainda houver presente.

4 comentários:

pinguim disse...

Meu caro amigo, isto que dizes é totalmente verdade, mas infelizmente, no nosso país, hoje em dia, é uma utopia.

Isa GT disse...

Em teoria parece fácil mas quando mais de 3 milhões de portugueses se contentam com programas lava-cérebros, novelas, futebol... e ainda, uma grande maioria, acredita em políticos, estamos tramados ;)

Bjos

Ana Tapadas disse...

«Sobretudo com Homens!»
É isso mesmo. Plenamente de acordo.
Bjs

Margarida Fernandes disse...

Gostei imenso do texto.Parabéns.

Mas "Como esperar mudar o mundo se não somos capazes de mudar nada em nós?" é bastante pertinente esta questão. Não tenho resposta para a mesma, confesso.

Beijinho