terça-feira, fevereiro 02, 2010

ROSA LOBATO FARIA


Rosa Lobato Faria, uma das grandes Senhoras da literatura portuguesa deixou-nos hoje aos 77 anos. As palavras estão por isso de luto por alguém que sabia tratá-las como poucos, com a ternura, com a habilidade, com o respeito e devoção que elas merecem.


E de novo a armadilha dos abraços.
E de novo o enredo das delícias.
O rouco da garganta, os pés descalços
a pele alucinada de carícias.
As preces, os segredos, as risadas
no altar esplendoroso das ofertas.
De novo beijo a beijo as madrugadas
de novo seio a seio as descobertas.
Alcandorada no teu corpo imenso
teço um colar de gritos e silêncios
a ecoar no som dos precipícios.
E tudo o que me dás eu te devolvo.
E fazemos de novo, sempre novo
o amor total dos deuses e dos bichos.


4 comentários:

Olga disse...

Fiquei triste triste quando soube.

'Maria' disse...

No meu peito um aperto,
dos meus olhos uma lágrima salgada
de tristeza, pela morte de alguém que nos deu tanto!


Deixo-te um beijinho

Regina Rozenbaum disse...

Miguelito Amado
Ela se foi, mas suas palavras estão aí, aqui e acolá...eternizadas.
Mando-lhe muiiiiitos beijuuss em seu coração
Regina
www.toforatodentro.blogspot.com

Lana disse...

mais uma grande perda..estes ultimos anos têm sido cheios delas..mas para mim o que me ficou mais foi o raul solnado..esse senhor que conheço ja desde as fraldas.. basicamente.